Queijos industrializados

admin

19 de julho de 2016

Eles sempre são alvo de muita polêmica quando o assunto é degustação! Para alguns, os queijos industrializados não contêm o mesmo sabor dos queijos artesanais, no entanto, os dois tipos de queijos conseguiram dividir o mesmo espaço nas prateleiras. Adorado por uns e odiado por outros, os queijos industrializados estão por toda parte, mas ainda queremos saber: o que você pensa sobre eles?

queijos industrializados

Quando falamos em queijos, normalmente pensamos em produtores nas suas fazendas, ordenhando vacas e fabricando queijos com leite cru. Mas hoje os tempos são outros e, assim como a modernidade, os queijos também acompanharam as evoluções tecnológicas, dando origem aos polêmicos queijos industrializados.

Para alguns degustadores, os queijos industrializados perdem suas propriedades naturais e não possuem a personalidade que conhecemos dos queijos artesanais, devido a algumas diferenças dos métodos de produção e utilização de bactéricas naturais que proporcionam ao queijo um sabor diferente, com mais texturas e nuances.

Os queijos industrializados são produzidos com leite pasteurizado, ou seja, aquele que é fervido para eliminar as bactérias naturais, no entanto,  o problema da pasteurização é que, além destes elementos, também são eliminadas outras bactérias benéficas e, deste modo, todo o sabor e textura ficam realmente comprometidos.

E, mesmo que estes queijos sejam produzidos em laboratórios, ainda não estão isentos de conter outros tipos de bactérias cultivadas de forma industrial e adicionadas ao leite posteriormente, sendo necessárias e desempenhando importantes papéis no  desenvolvimento do sabor, entre outras funções.

Os queijos industrializados são facilmente encontrados em quase todos os supermercados e são considerados sintéticos ou semissintéticos, por serem fabricados com gordura vegetal em substituição da  gordura animal, entre outros elementos como o amido. Para que possam ser identificados, basta verificar os rótulos dos produtos para conferir se os ingredientes acima estão presentes, e sempre fique atento com a data de validade. Esses fatores são decisivos para deixar o produto com um custo menor, porém, com os sabores comprometidos, segundo os apreciadores desta iguaria.

Em alguns países ,como o Brasil, os queijos industrializados são mais consumidos que os artesanais, já que são produzidos em uma escala maior e encontrados com mais facilidade para compra.  No entanto, aqueles que realmente são apaixonados por queijos, poderão encontrar várias opções artesanais para compra ou indicações de lugares que comercializam estes queijos. Sites como SertãoBrasCe Que Quejo, Mestre Queijeiro e A Queijaria,  sites especialistas no assunto e podem te surpreender com a variedade de queijos artesanais produzidos no Brasil e em outros países do mundo todo.

Agora que foi esclarecido esta polêmica, você pode escolher os queijos que mais agradam seu paladar, pois independente de suas origens, o que importa é sua satisfação!

Publicidade