Como harmonizar queijos com cerveja?

admin

20 de janeiro de 2016

Os queijos que antes eram harmonizados apenas com vinhos, hoje ganham uma nova companhia: as cervejas especiais. Esta combinação de queijos com cerveja é perfeita para explorar novos sabores e aromas. Agora, você já pode degustar um belo pedaço de queijo, acompanhado de um copo cheio de cerveja e preparar com a gente uma bela noite de degustações, que tal?

queijos com cervejas

Você já harmonizou queijos com cerveja?

Não são apenas os vinhos que harmonizam bem com os queijos, as cervejas também proporcionam uma combinação interessante e, quanto mais forte for o queijo, mais álcool deve conter a cerveja. Esta não é uma regra, mas é sempre recomendado, pois os queijos “tampam” nossas papilas gustativas por causa da gordura, e o gás e o álcool da cerveja são eficientes para “lavar” o palato, proporcionando sensações agradáveis à nossa degustação.

Os famosos petiscos já podem ser substituídos, já que os queijos oferecem uma variedade maior de sabores, ampliando várias sensações durante a degustação. Mas os queijos com cerveja também harmonizam por serem ambos fermentados e, assim, como a cerveja é conhecida como “pão liquido, nada mais justo do que, ser a companhia ideal para os laticínios, ou seja, os queijos.

Os queijos com cerveja já são protagonistas em alguns países, onde a produção do vinho não é muito favorável, assim, as cervejas artesanais ganharam espaço e conquistaram uma grande parceria com os queijos, onde estas harmonizações são o prato principal na realização de muitos encontros gastrônomicos.

Mas para que sua noite de degustações seja um sucesso, confira algumas dicas e combinações de queijos com cervejas:

queijos_com_cervejas

Queijo Minas: São queijos mais leves que devem acompanhar também cervejas mais leves como a Bernard Celebration.

Queijo de leite de cabra: Para degustar este queijos com cerveja, opte por bebidas que possam oferecer uma certa acidez, como Weihenstephaner, Hoegaarden e Baladin Wayan.

Queijos Brie e  Camembert: Esses queijos de mofo branco fazem uma combinação interessante com geléias e também com a acidez leve e o aroma de frutas de algumas cervejas, como Baladin Isaac, Del Ducato New Morning, Weihenstephaner e Erdinger.

Queijos Gruyère, Emmental e Gouda: São queijos semiduros, que podem ser degustados com cervejas com forte presença de malte e teor de álcool mais elevado, como Rogue Dead Guy Ale, Brooklyn Brown Ale, New Castle, Eisenbahn Weizenbock, Eisenbahn Pale Ale, Batemans XXXB e Leffe Blond.

Queijos Parmesão, Grana Padano e Pecorino: A harmonização de queijos com cerveja sempre será uma experiência única e, caso você não dispense um queijo duro e gorduroso, a melhor opção será as cervejas encorpadas com alto teor de álcool e adocicadas, como Achel Blond, Baladin Mielika, Baden Baden Stout, Guinness, Eisenbahn Strong Golden Ale e Paulaner Salvator.

Queijos Gorgonzola, Roquefort e Stilton: Para esses queijos azuis, gordurosos e salgados são indicadas cervejas doces e equilibradas, como: Rochefort 10, Colorado Demoiselle, Old Engine Oil, Chimay Cinq Cent, Tripel Karmeliet e Westmalle.

Queijo Provolone: Para experimentar este queijo defumado será necessário escolher uma cerveja também defumada, como a Bamberg Rauchbier.

Depois de todas estas dicas, você mesmo poderá promover uma noite de degustações, e explorar junto com outras pessoas o interessante sabor da mistura de queijos com cerveja!

Fotos: Thomas Cizauskas e Dan Tentler.

 

Publicidade